Pesquise

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

A Odisséia e o céu...


  Estava eu um dia desses em uma aula (um pouquinho chata, diga-se de passagem) até que o professor contou algo que me fez refletir...
Ele citou um trecho do mito de Ulisses sobre o qual eu nunca havia parado para pensar. Para quem não conhece, Ulisses é um personagem dos clássicos "Ilíada" e "Odisséia", de Homero.
  Ulisses era casado com Penélope e foi convocado para lutar na Guerra de Tróia, deixando assim sua amada esposa e sua tão querida terra natal, Ítaca, o que o deixou muito triste. Antes de sair porém, Penélope lhe disse que quando ele sentisse muita saudade que ele simplesmente olhasse para o céu e pensasse nela e em sua terra. Ulisses partiu e ficou por muito tempo em Tróia, até que um dia ele sentia tanto a falta de Ítaca e de Penélope que começou a sentir-se fraco, fraco de saudade. Então, de súbito ele se lembrou do que sua amada falara, olhou para o céu, e a esperança renasceu em seu coração. Quase depois de 20 anos ele retornou à sua casa.
  Toda essa história me faz pensar em nós. Será que não somos como Ulisses distante de nossa terra natal e de nosso Amado?
  De fato, não fomos feitos para viver para sempre nesse mundo, o destino de todo aquele que crê em Jesus é a vida eterna no céu, por isso sentimos saudade de um lugar onde há somente felicidade, pois não fomos feitos para essa terra. O nosso amado Jesus nos deu uma promessa antes de partir, Ele disse que iria para o céu, mas voltaria para nos buscar para morarmos eternamente com Ele (João 14.3). Assim como Ulisses, também fomos enviados para uma 'guerra' e temos uma missão: anunciar o grande amor do Salvador. Também como Ulisses, há momentos em que sentimos saudades da nossa terra natal, a nova Jerusalém, o céu de luz. E quem sabe, tal como ele não nos sintamos fracos de saudades às vezes? É nessa hora que devemos nos lembrar da promessa do nosso Noivo, de que virá nos buscar, e olhar para o céu.
  Talvez você tem andado fraco por causa dos problemas, das dificuldades, doenças e aflições que passamos por aqui, talvez seu coração esteja doendo por conta de decepções, frustrações ou traições, ou quem sabe a dor maior de se sentir longe de Deus te assalte, a despeito de tudo isso, eu gostaria de lhe convidar a olhar para o céu. Olhe para o céu, ainda que ele não esteja tão azul assim, e lembre-se que ele será seu lar. O Rei virá nos buscar e nos levará para aquele lugar onde há glória, esplendor, paz, aquela cidade que "não precisa de sol nem de lua para brilharem sobre ela, pois a glória de Deus a ilumina" (Apocalipse 21.23), a nova Jerusalém, nosso futuro lar...
  Ainda que tenhamos momentos de felicidade aqui, ainda que sintamos a doce alegria do amor de Deus, são apenas pequeninos vislumbres de como será nosso lar celestial. Não fique preocupado caso você se sinta um extraterrestre por não concordar com o sistema desse mundo, e não caia nessa de apenas buscar "bençãos" materiais como tanto se tem pregado por aí, o apóstolo Pedro disse que somos como "estrangeiros e peregrinos nesse mundo". Você não é daqui, você tem um lar. 
  "Ele cumprirá Sua promessa. Eis que faço nova todas as coisas, Ele prometeu. Limparei de seus olhos toda lágrima. Restaurarei o sorriso apagado pela dor. Tocarei novamente as sinfonias não ouvidas pelos surdos e o pôr-do-sol nunca visto pelos cegos.
Os mudos cantarão. O pobre será farto. As feridas, saradas. 
Farei nova todas as coisas. Restaurarei todas as coisas. As crianças atingidas por doenças correrão para os seus braços. A liberdade perdida pela opressão dançará em seu coração. A paz de um coração puro será o meu presente para você.
Farei novas todas as coisas. Nova esperança. Nova fé. E, mais do que tudo, novo amor. O amor do qual todos os amores falam. O amor diante do qual todos os amores perdem o brilho. O amor que você tem procurado em centenas de portas, em centenas de noites... este amor vindo de mim, será seu.
   Olhe para o céu, "imagine você a beleza do Lindo lugar, ouve só as lindas cantigas que soam por lá"², creia que tudo isso aqui irá passar, o Rei virá nos buscar para nosso Lar além das nuvens...

Deixo aqui duas músicas lindas que retratam um pouco da beleza do nosso Lar...





¹ - LUCADO, Max. Quando Deus sussurra o seu nome. 2001.
² - Crombie - Eternidade.



Sonhando com o Lar,
           Débora F.


2 Comentários...:

Mariáh disse... Responder comentário

Mana, massa o texto, incrível a comparação. Você escreve muito bem, meu Deus..

É muuito bom pensar que nosso lar não é este..
Concordo plenamente com você. Nos momentos em que passamos por dificuldades é bom (e certo) pensar na eternidade, que isso tudo aqui vai passar.

Já ouviu Arautos do Rei? Só fala do céu, da eternidade, muito fera...


Te amo, fofa! *---*

Fernanda Cardozo disse... Responder comentário

Ameiii a Postagem
Tbm estou aqui para divulgar meu blog para adolescentes evangelicas
http://fernandacarrdozo.blogspot.com.br
SIGAM
COMENTEM E DIVULGUEM

Postar um comentário

E aí, gostou do que encontrou aqui??
Tá esperando o quê pra comentar?!
Fique à vontade para dizer o que achou!E fique atento pois responderemos aqui mesmo! (:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...